Geral SharePoint

CONFIGURANDO YEOMAN E GULP E CRIANDO A PRIMEIRA WEBPART COM O SHAREPOINT FRAMEWORK (PARTE 3)

Olá Pessoal!

Vamos agora terminar essa primeira série sobre como trabalhar com o SharePoint Framework em conjunto com o Yeoman, Gulp e NodeJS, mostrando como podemos testar nossa aplicação criada na parte 2 da série (que você pode ver clicando aqui).

Agora, vamos usar um portal SharePoint Online para testar nossa aplicação dentro do SharePoint mesmo (na parte 2 mostramos a aplicação rodando em uma página no localhost) e para isso vamos usar uma página aspx chamada de Workbench, você pode encontrá-la e fazer o download no Github oficial do projeto preview do SharePoint Framework:

https://github.com/SharePoint/sp-dev-docs

*Vale lembrar que como ainda está em preview, só podemos testar em portais SharePoint online

Vamos baixar essa página página e carregar no SharePoint Online.

1

Depois de fazer o download, abra o seu portal SharePoint Online e abra uma Biblioteca de Documentos (ou páginas), no meu exemplo vou carregar o documento na minha biblioteca chamada Documentos:

Vá em carregar e faça o upload da página Workbench que você fez o download a pouco.

2

Agora vamos rodar nossa webpart usando o Gulp, como aprendemos no segundo post da série, vamos abrir o NodeJS prompt command, abrir a pasta da nossa webpart e rodar o comando gulp serve .

*É necessário rodarmos o servidor local para que funcione dentro do SharePoint esse modelo de teste e deploy

3

Com a nossa webpart rodando no localhost, vamos abrir a página workbench que foi carregada na biblioteca de documentos do SharePoint Online, basta clicar em cima dela:

4

Ao abrir, você verá que teremos o mesmo ambiente do SharePoint Workbench localhost só que dentro do contexto do SharePoint, ou seja, com todos os recursos do SharePoint e já com a possibilidade de trabalhar com as informações conectadas.

Agora basta clicar no botão de “+”, e sua webpart já aparecerá e você poderá adicionar sua webpart na página.

5

Pronto! Viu como é fácil rodar dentro do SharePoint Online? O mais legal é que qualquer alteração que fazemos no código e salvamos, o gulp faz o build e atualiza o código dentro da webpart e você já pode ver o resultado!

Agora você não vai precisar fazer todo o modelo de deploy demorado de uma webpart customizada pelo visual studio ou uma app.

Nos próximos posts vamos estudar mais sobre a estrutura dos arquivos de uma webpart SharePoint Framework, os conceitos de unit tests que podemos implementar, análise de performance e muito mais, fique ligado!

 

Anúncios

4 comentários

  1. Funcionou tudo direitinho. Só esbarrei na parte do SharePoint Online.
    Uso só Sharepoint on premises.
    Será que vão liberar para o on premises?
    Seria legal um tutorial mostrando como publicar a aplicação no Azure e consumir no SharePoint Online.

      1. Opa Douglas,
        Bacana! Mal posso esperar essa parte do on premises.
        Pra enriquecer sobre o assunto eu achei esse vídeo.
        Build client-side web parts for Microsoft SharePoint da Microsoft Ignite

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.